Raio: Desligado
Raio: km
Set radius for geolocation
post-title Animais venenosos e peçonhentos, você sabe a diferença?

Animais venenosos e peçonhentos, você sabe a diferença?

Animais venenosos e peçonhentos, você sabe a diferença?

Animais venenosos e peçonhentos, você sabe a diferença?

Sim, existe uma diferença, quando falamos em animais peçonhentos, falamos daqueles que possuem um mecanismo de inoculação do veneno, entre eles, temos algumas serpentes, como as jararacas que possuem dentes ocos ligados a glândulas de veneno e são responsáveis por mais de 80% dos acidentes ofídicos no Brasil, também podemos falar dos escorpiões, algumas aranhas e vespas, esses possuem ferrões e agulhões como mecanismo de inoculação da peçonha. Outros animais, venenosos, mas não peçonhentos, são aqueles que produz veneno, mas não tem um mecanismo de inoculação, como exemplo, alguns tipos de sapos, estes possuem veneno, mas só liberam a peçonha se suas glândulas forem pressionadas.

A maioria dos animais, incluindo serpentes, escorpiões e aranhas não são peçonhentos, isto é, não possuem veneno e nenhum mecanismo de inoculação, assim, são animais inofensivos e com um papel importante no equilíbrio do meio ambiente.

Mas como identificar um animal peçonhento e o que fazer em caso de acidente? Isso falaremos no próximo artigo sobre serpentes peçonhentas na Serra da Cantareira.

E pra recordar, a dica de sempre, não interaja com animais silvestres e nunca mate um animal.

Por Hélio T. Ramos

Helio Tomás Ramos é formado em Administração pela Anhanguera Educacional, graduando em Medicina Veterinária pela Universidade São Judas Tadeu, 9° período, Especialista em Docência no Ensino Superior pela Anhembi Morumbi e Especialista em Anatomia Funcional Humana e Comparada pela USP – Universidade de São Paulo.

Nós Recomendamos

Confira alguns dos melhores serviços localizados na região da Cantareira

Carregando…